BIO FERTILIZANTES Receita Simples de Água de Salgueiro

Salgueiros sempre evocam uma imagem idílica e romântica de uma paisagem maravilhosa e calma.

Quando decidimos que queríamos levar uma vida mais sustentável, a primeira condição foi não utilizar qualquer tipo de pesticidas, herbicidas ou fertilizantes artificiais e prejudiciais.

Foi aí que nos deparámos com o salgueiro. É uma árvore com imensas funções – e se queres ver um permacultor a babar-se todo, é com um elemento tão bonito, benéfico e multi-usos como o salgueiro, desde medicina, a material de construção, a alimento para animais, a barreira ciliar (previne toxinas de contaminar cursos de água e previne erosão).

Um desses usos é um bio-fertilizante chamado água (ou chá) de salgueiro. Trata-se de uma preparação natural que contém hormonas de enraízamento provenientes desta espécie (Salix spp).

 Salix exigua

COMO FUNCIONA

A forma como funciona é devido a duas substâncias que se encontram na espécie Salix (Salgueiros); nomeadamente, Ácido Indolbutírico (AI) e Ácido Salicílico (AS).

 

Ácido Indolbutírico (AI) é uma hormona vegetal que estimula o crescimento de raízes. Está presente em altas concentrações nos ramos novos do salgueiro.

Ácido Salicílico (AS) (um composto químico semelhante à Aspirina) é uma hormona vegetal que está envolvida em estimular as defesas naturais da planta, no processo chamado “resistência sistemática adquirida” – quando um ataque a uma parte da planta induz uma resposta de resistência a patógenos noutras partes da planta. Pode também criar uma resposta de defesa nas plantes circundantes, convertendo o AS num estado químico volátil.

Quando fazes água de salgueiro, ambos os ácidos são lixiviados pela água, e ambos têm efeitos benéficos quando usados na propagação de estacas. Uma das maiores ameaças de estacas novas é infeção por bactérias ou fungos. O Ácido Salicílico ajuda a planta a combater infeção, e contribui assim para uma maior taxa de sobrevivência da planta.

Deep Green Permaculture

 

Aqui está a receita que seguimos e utilizámos nas nossas plantas.

  1. Recolhe novos ramos e galhos de qualquer tipo de salgueiro (Salix spp.) que tenham casca verde ou amarela. Não utilizes ramos mais velhos, que terão a casca castanha ou cinzenta. A Primavera é ideal para recolher ramos novos de salgueiro.
  2. Remove todas as folhas, elas não são utilizadas (podes deitá-las no composto ou na alfombra da tua horta) e corta os ramos em pedaços
  3. O próximo passo é adicionar a água. Podes fervê-la e juntá-la aos raminhos, como um chá, e deixar apurar durante a noite; ou só adicionar água fria e deixar descansar vários dias. Nós escolhemos ferver a água.

E já está! Agora é só coar os raminhos e coloar o liquido num recipiente prático de usar na tua horta. Podes molhar a ponta das estacas na água umas horas antes de colocar na terra, ou regar a terra com a água de salgueiro após transplante.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *