DIY Trator de Galinhas com Materiais Reciclados

A Primavera está a chegar e está a chegar a hora de ir cuidar dos jardins, quintas e hortas.

E se pudesses fazer todo esse trabalho de preparar a terra para cultivo SEM TERES DE SER TU A FAZÊ-LO? E se eu te dissesse que isso não só é possível, como podes ao mesmo tempo, fertilizar a terra, ganhar recursos como alfombra e composto, e até carne e ovos?!

Estamos a falar acerca do conceito de Trator de Galinhas, que decidimos aplicar e testar no Eco-Projecto Chão das Pias. O primeiro contacto que eu e a Rute tivemos com este conceito foi através de um video de Joel Salatin.

É um exemplo perfeito dos benefícios da aplicação de permacultura nas nossas casas, quando a interligação de funções para o bem do espaço e dos seres vivos que habitam esse espaço resolvem problemas, geram recursos, e poupam trabalho.

É também, na nossa opinião, um dos projetos mais fáceis de implementar se queres começar a ser um pouco mais auto-suficiente, diminuir a tua pegada ecológica, e transitar para uma vida mais sustentável e ecológica. Mostra facilmente como fechar ciclos de recursos pode trazer muita abundância onde antes só havia gastos e desperdício.

 

Neste artigo vamos abordar:

– O que é um Trator de Galinhas:

Conceito

Funções

– Como construir um Trator de Galinhas:

Planear antes de construir

Que materiais usar

Construção e Planos

– Versão 2.0 Trator de Galinhas em “Esteróides”

E não te esqueças de ver o video no final do artigo!

 

 

O que é um Trator de Galinhas

 

 

Conceito

Todos sabemos que hoje em dia, a nível comercial, as galinhas são cria

 

das em gaiolas ou espaços fechados, com dietas à base de milho (OGM) e vitaminas para que tenham um crescimento mais rápido e com carnes mais tenras.

A nível doméstico, normalmente têm mais espaço, mas as capoeiras são construidas no local permanentemente, o que quer dizer que o sítio verde a que vão ter acesso, rápidamente se transforma num chão sem vegetação (ou, em alguns casos, têm a

penas chão de cimento) e completamente compactado devido às galinhas circularem no mesmo sítio dia após dia, o que leva o indivíduo a ter que recorrer a milho (OMG) e vitaminas para as alimentar e as manter saudáveis. No final das contas o dinheiro investido para ter uma capoeira é superior a ir comprar carne de galinha e ovos ao supermercado.

O conceito do Trator de Galinhas é interessante porque corta essas despesas extraordinárias, as galinhas vivem felizes ao ar livre, alimentam-se da vegetação do local e dos restos da cozinha, transformando algo que ia ser desperdiçado em recursos úteis.

Nós próprios temos a capacidade de as mudar de sítio por obs

ervação, evitando o compactamento do solo.

Não é necessário ser cientista para entender que o Trator de Galinhas é muito mais interessante do que as técnicas mais comerciais de criar galinhas para carne e ovos, esquecendo o seu próposito e utilidade como espécie. Se bem que ajuda muito ter um cientista por perto na hora de entender os detalhes químicos e fisicos ao implementar um projecto de Permacultura, leiam o que o meu amigo e cientista preferido Mestre Coy anda a escrever, vale a pena.

 

 

 

Funções

Como referi antes, todos os elementos em Permacultura têm que ter vários propósitos/utilidades para conseguirmos criar uma sinergia saudável entre elementos do projecto, Humanos, Animais, Abrigo, Horta, Agro-floresta…etc, tudo tem que estar conectado de alguma maneira mimicando ecosistemas naturais.

1. Pastoreio e Preparação de terreno para Cultivo

No nosso caso, quando começamos este projecto estava tudo coberto de escalracho, e para quem já teve que lidar com esta relva, sabe que é um pesadelo. Tem raizes muito fundas e fortes, propaga-se por guias rápidamente e não deixa crescer mais nada à sua volta.

No ínicio do projecto, o nosso principal objectivo era arranjar maneira de remover o escalracho (um relvado super invasor) para podermos ter a nossa horta. Eu passei dias a remover escalracho do terreno e era uma actividade dura e sem fim.

Um dos principios da Permacultura é “Usar Soluções Pequenas e Lentas”, mas naquele momento eu não estava a fazer isso, eu queria despachar aquela parte para chegar à parte que realmente me iria dar gozo, estava a tentar encontrar a solução mais rápida possível, mas que nem sempre é a melhor – ou a mais fácil para nós.

Quando encontrámos o video do Joel Salatin, ideias começaram a surgir. Nós queriamos aplicar a ideia do Trator de Galinhas ao nosso projecto para que nos ajudassem com a jardinagem. Construimos o nosso Trator de Galinhas, trouxemos as galinhas e começámos a pôr o plano em ação.

No ínicio tinhamos 3 galinhas a ajudar-nos com o escalracho. Comeram muito e usaram as suas unhas afiadas para virar a terra em busca de insectos e micro-organismo que estavam debaixo do tapete de escalracho. Não o conseguiram remover  todo mas ajudaram MUITO: pisaram, arranharam, comeram até não conseguirem mais. Após algumas semanas, o meu trabalho foi muito, mas MUITO mais fácil.

 

2. Estrumar

Como viste na foto acima, o nosso trator de galinhas tem o aspecto de uma casinha, sendo a parte do telhado o patamar onde elas dormem, e a parte de baixo uma zona aberta mas vedada para lhes dar acesso ao chão com vegetação e tambem servir como zona de sombra.

No nosso caso, no inicio não tinhamos particular interesse que elas estrumassem a área de pastoreio porque estavamos a tentar livrar-nos do escalracho e não fertilizá-lo com estrume de galinha.

Arranjamos uma solução que iria resolver dois problemas, o facto de não termos palha suficiente para fazer tudo o que queriamos no projecto, e aproveitarmos o máximo de estrume possivel.

Como íamos precisar de palha para alfombrar (mulch) e também para fazer a cama das galinhas, decidimos construir uma pequena caixa para anexar ao trator de galinhas para elas porem ovos e chocarem novos pintos num sítio seco e quentinho, sendo necessário mudar essa palha uma vez por semana.

Na parte de cima onde elas dormem, colocamos uma camada pequena de palha que, especialmente no inverno, se suja mais rápido, sendo assim necessário mudar a cama delas de três em três dias.

Toda essa palha usada pelas galinhas é colocada numa pilha bem compactada e é deixada à chuva até compostar. Como a palha tem muitas sementes, mesmo depois de passar pelas galinhas algumas sementes vão continuar lá.

Se usares palha (e não feno) para alfombrar (mulch) a tua cama elevada, horta em mandala, quintal, etc… as sementes da palha irão germinar e vai ser uma trabalheira para ti no futuro livrares-te dessas ervas daninhas –principalmente se, como nós, não queres usar herbicidas ou pesticidas.

Ou seja, a palha é usada DUAS vezes, o que significa que precisamos de metade da quantidade. A palha começa por fazer de cama para as galinhas, que a fertilizam com o seu estrume – que depois é compostado completamente para fazer solo ou deixado apenas apodrecer as sementes restantes da palha para se poder fazer, desta vez, uma cama para a horta – a alfombra (ou mulch).

Para teres uma noção de números e quantidades, com este método e seis galinhas, conseguimos ter alfombra (mulch) para cobrir uma cama elevada com 7 metros de comprimentos por 1 metro de largura em 4 meses.

 

3. Manutenção

Já depois de teres o design do teu terreno feito, ou pelo menos com algumas áreas estabelecidas, após as últimas colheitas de uma estação podes usar o teu Trator de Galinhas para tratar da tua horta. As galinhas vão esgravatando o chão enquanto o estrumam, para que, quando chegar a próxima altura de plantações, ser só preciso semear/transplantar as tuas sementes/mudas preferidas.

 

4. Comida (não aplicável para Vegetarianos, Vegans ou Crudistas)

Esta é a função dos Trator de Galinhas que levanta mais criticas ou discuções saudáveis, nós não somos fundamentalistas e agradecemos que transmitas sempre as tuas ideias com amor, estamos mais do que abertos a ouvir o que tens para dizer, mas lembra-te que cada um tem as suas ideias e todas as opiniões são válidas partindo das 3 éticas da Permacultura, Cuidar das Pessoas, Cuidar das Plantar, Partilha Justa.

Dito isto, o facto de poderes ir buscar ovos de manhã e cozinhá-los na hora sabe tão bem!!

Tem sido um desafio ter ovos suficientes com 6 galinhas e uma casa com 10 pessoas nos dias calmos, mas faz tudo parte do processo, analisar os gastos de ovos e carne por ano para teres o número certo de galinhas a dar-te X ovos e X kg de carne por ano. Tens que ter sempre pintos e nascer para poderes ir comendo as galinhas já criadas, nisso terás que fazer as contas segundo a tua rotina.

 

Como construir um Trator de Galinhas

 

Planear antes de construir

Se for a tua primeira vez a construir um Trator de Galinhas o único segredo é fazer, meter as mãos na massa depois de estudares o conceito e ires aprendendo com os teus erros. É importante decidires previamente quantas galinhas queres receber no teu Trator de Galinhas, para teres em conta o espaço necessário para as acondicionar, sabendo que cada galinha necessita de 1 m2 na área de pasto, se lhes deres menos do que isso vais ter que as mover mais vezes.

Apenas por observação vais poder encontrar o rácio perfeito e tudo depende da razão porque as queres e quais são as tuas prioridades.

Inicialmente nós quisémos começar com poucas porque ainda não estávamos interessados em criar frangos para comida. Queriamos tirar melhor proveito dos ovos, e das funções naturais das galinhas de limpeza do solo e do seu estrume.

Aqui no projecto estudámos o conceito, cruzámos informações de malta que já o tinha feito, e até encontrámos um plano na internet de um Trator de Galinhas que nos interessou e por onde nos inspirámos para construir o nosso.

No final, ficou bastante diferente do plano por onde nos inspirámos porque não o copiámos à risca, implementámos ideias e ajustámos ao nosso gosto pessoal – a estética do nosso projecto conta muito e tentamos sempre manter as coisas apresentáveis e fáceis de usar.

Isto para dizer que planear é necessário, sim, mas nós Humanos temos a mania de ser perfeccionistas e no final das contas feitas na maioria das vezes só complicamos coisas simples.

Planear é importante para saber que materiais vais precisar e quanto dinheiro vais ter que gastar. Aqui no projecto decidimos colocar um desafio a nós mesmos: construir o nosso Trator de galinhas só com materiais que tinhamos em casa, decidimos reciclar o “desperdício” que tínhamos.

Posso dizer-te que foi por pouco que não conseguimos construir o trator sem gastar um único cêntimo: só não conseguimos porque queríamos isolar melhor o dormitório das galinhas para estarem mais confortáveis em dias de chuva e frio. Comprámos uns metros de policarbonato fino e uns colchões de yoga que ao todo nos custaram 22 euros. Podes sempre ver o video no final do artigo para visualizares o que estou a escrever.

 

 

Que materiais usar

Recomendamos que antes de comprares materiais novos, recicles o que tens, mas não te esqueças que nem tudo serve – por exemplo, podes ter muita madeira num canto no entanto se não for madeira tratada, com as chuvas vai começar a apodrecer e vais ter que arranjar uma solução quando já tiveres galinhas a viver no teu Trator de Galinhas.

É melhor fazeres um inventário de todo o material que tens e teres em conta o impacto climático nos mesmo (por exemplo: se tiveres chapas de metal e as usares para construir um Trator de galinhas numa zona do mundo onde faça muito calor, vais esturricar as tuas galinhas).

Tudo tem que ser feito com observação e criatividade mas sem fundamentalismos.

Usa os teus recursos a teu favor e para o bem comum.

 

Construção e Planos

Lista de materiais usados no nosso Trator de Galinhas

  • 4 cavaletes de madeira (o AKI tem cavaletes a cerca de 2 euros cada)
  • Plástico-bolha
  • 6 colchões de Yoga (entre lojas dos chineses, AKI, etc, encontram-se a 1 euro cada)
  • Manga Plásica grossa (nós usámos uma piscina de crianças furada)
  • 5 paletes (só usamos as tábuas, sobrou bastante madeira)
  • Rede de Galinheiro
  • 4 dobradiças
  • T’s, L’s e outras ferragens de suporte
  • Pistola de pregos ou prego e martelo
  • Agrafos para madeira
  • Serra manual

Toda a estrutura do Trator de Galinhas foi feita com 4 cavaletes que tinhamos na garagem e nunca eram utilizados – retirámos as dobradiças e abrimos os cavaletes até obtermos a largura pretendida. Fizémos isso com 3 cavaletes e colocamos todos eles alinhados e conectados, com ferragens que tinhamos guardado de outros projectos.

No início estávamos a seguir à risca os planos que nos inspiraram, mas rápidamente nos apercebemos que se continuássemos a construir o nosso trator de galinhas como tínhamos visto nos planos, não iria satisfazer as nossas necessidades nem as das galinhas.  Foi aí que decidimos alterar um pouco os planos ao nosso gosto.

 

Inicialmente estávamos a pensar construir o nosso Trator de Galinhas apenas com os cavaletes abertos e alinhados, acabando com uma forma triângular, sendo 1/3 dormitório e os outros 2/3 espaço aberto com rede para elas poderem andar durante o dia.

Aí é que estava o problema: eu e a Rute achámos que não seria espaço suficiente para a quantidade de galinhas que queriamos implementar no projecto, e iriam acabar por estar engaioladas na mesma.

Decidimos fechar 2/3 da estrutura inicial para dormitório e construir um patamar inferior, esse sim vedado com rede, para, em dias de muito calor, as galinhas terem uma área com sombra para se protegerem.

Assim, a estrutura final ficou com o formato de uma casinha, com umas escadas para se empoleirarem e também terem acesso ao dormitório.

Para construir as escadas e suportar o peso das galinhas no dormitório, visto que agora iriam dormir no primeiro andar, usamos 1 cavalete cortado com as medidas pretendidas.

 

Para fazer o chão do dormitório usamos a parte de trás de alguns quadros, é um material feito de madeira processada, não é muito resistente mas serviu para o propósito, era leve e maleável e evitámos gastar dinheiro.

Sobre esse chão base, colocámos duas camadas daquele plástico com bolhas (que todos gostamos de rebentar com as mãos) que normalmente é usado para proteger pacotes frágeis quando enviados pelo correio. Por cima desse plástico, colocamos uma camada de colchões de Yoga para isolar do frio que vinha de baixo, para as galinhas estarem o mais confortáveis possivel.

 

Para nos facilitar o trabalho de limpar o dormitório, sobre as camadas de isolamento colocamos um plástico grosso que veio de uma piscina infantil insuflável que já estava estragada.

Com o chão feito, incorporámos a rede nos locais pretendidos, deixando a área do dormitório sem rede visto que irá ter um telhado isolado e portas para podermos ter acesso aos ovos e mudar a palha quando necessário.

 

Após a rede estar instalada, afixamos o barrote de transportação a atravessar o galinheiro para o peso ser distribuido por duas pessoas, da mesma forma que se transportaria um andor numa procissão.

Colocámos o policarbonato fino em duas partes sobrepostas, por cima do dormitório para promover um ambiente seco para as galinhas, e por cima disso colocámos colchões de Yoga para isolar do frio.

Com isso feito começámos a construir o telhado. Começámos pela parte de trás e pelo lado onde não iria ter as portas visto que o telhado com as portas requeriria outro tipo de construção.

Usámos tábuas de paletes tratadas, visto que o Trator de Galinhas iria ter que aguentar as chuvas. Conseguimos juntar cinco paletes das quais quatro foram usadas para o telhado e a quinta para as portas.

 

Para construir as portas, como disse antes, usamos tábuas de palete e ferragens que tinhamos guardado de projectos anteriores. A primeira tábua acima da porta é mais larga que as outras para evitar que a chuva entre pelas ranhuras das dobradiças, imitando uma caleira.

 

 

Acabámos o Trator de Galinhas fazendo um remate no topo do galinheiro e decorando ao nosso gosto. Colocamos umas flores à volta do Trator de Galinhas e uma galinha de plástico no topo do telhado, são pequenos detalhes que não faziam falta mas dão outro brilho ao projecto.

 

 

 

 

 

 

Versão 2.0 Trator de Galinhas em “Esteróides”

 

Com a implementação do nosso Trator de Galinhas veio muita aprendizagem por experiências, e ideias foram aparecendo para melhorarmos o projeto. Estamos agora a testar um conceito que vimos num video partilhado pelo Geoff Lawton chamado Trator de Galinhas em “Esteroides” e recomendo que o vejas, é muito interessante e dá-te informação muito útil se quiseres dar mais uma função ao teu Trator de Galinhas, neste caso, as galinhas fazerem-te pilhas de composto no local onde o vais usar.

Neste video Geoff recomenda usar 25 galinhas para elas te ajudarem a fazer uma pilha de composto de um metro cúbico TODAS AS SEMANAS, a partir da 5ª semana de implementação. Dá uma vista de olhos e aproveita todo o conhecimento que aquele senhor tem para ensinar.

Não tens interesse em galinhas? Podes aplicar o mesmo principio de uma habitação móvel para pastagem rotativa com outros animais: perus, patos, gansos, e até porquinhos da índia e coelhos! Lembra-te sempre de aplicar os princípios de permacultura para que os novos elementos (estruturas e seres vivos) que estás a introduzir sejam integrados da forma mais harmoniosa e benéfica possível para o teu espaço e estilo de vida.

Se este artigo te inspirou de alguma forma, manda-nos fotos do teu próprio projeto e dicas de trator de galinhas nos comentários ou na nossa página de Facebook – pode ser que o teu modelo inspire outros a fazer o teu próprio “hotel” de galinhas.

Se tiveres informação extra para partilhar com a malta estamos abertos a todas as opiniões e promovemos o desenvolvimento de ideias novas – deixa o teu feedback nos comentários ou nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao publicar um comentário neste site, está a aceitar os termos de privacidade deste site Política de Privacidade e da forma como os seus dados são armazenados e geridos.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.